No último dia 23 de maio, foi realizada a 30ª  reunião do Comitê Confederativo do eSocial. Formado pelas entidades sindicais empresarias, conselho federal de contabilidade, associações de empresas desenvolvedoras de tecnologia da informação e representantes do grupo gestor do eSocial.
(Caixa Econômica; INSS; Receita Federal e Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia).

Conforme noticiado anteriormente nos últimos dias por autoridades do governo federal o eSocial será simplificado (como um todo!), devendo ser publicado nas próximas semanas um novo cronograma de implementação.

Questionado o Grupo Gestor, quais seriam essas simplificações e se essas observariam o tratamento diferenciado para micros e pequenas empresas, os mesmos evitaram dar maiores detalhes, pois toda a equipe técnica do governo estará reunida nos dias 17, 18 e 19 de junho, justamente para discutir qual o alcance dessa simplificação.

Abordados também sobre os eventos de Segurança e Saúde no Trabalho, informaram que as simplificações estão condicionadas ao processo de revisão das Normas Regulamentadoras (NRs) em curso e dos instrumentos regulatórios da Previdência, os membros do governo foram mais afirmativos no sentido de que será comunicado brevemente um novo cronograma de implementação (adiamento) e que talvez, só deverá entrar o evento S-2210 (Comunicado de Acidente do Trabalho – CAT) em outubro deste ano, para as empresas do Grupo 1 (Empresas com faturamento acima de 78 milhões no ano base de 2016).
Fonte: Confederação Nacional de Saúde – CNSaúde