Crocantes, saborosas, versáteis e super saudáveis. Bem-vinda ao mundo encantado das sementes! Estes grãos que se semeiam são agora dos principais meninos bonitos da alimentação saudável.

Apesar de estar agora em alta, este alimento é há muito tempo usado na alimentação. Estes pequenos grãos destacam-se de outros alimentos pelos elevados níveis de vitaminas e minerais e por serem ainda (em alguns casos) uma excelente fonte de proteína vegetal. Os elevados níveis de fibra são ainda uma mais-valia, assim como a gordura – maioritariamente insaturada.

Estes dois nutrientes promovem a saciedade e estimulam a perda de peso saudável. E beneficiam, ainda, da energia que as sementes dão. Por atuarem diretamente no sistema digestivo e cardiovascular, as sementes são capazes de travar algumas das patologias mais comuns. É o caso da obesidade, da diabetes e das doenças cardiovasculares.

Mas, claro, tal apenas é possível quando se tem um estilo de vida saudável e ativo. Quer render-se ao seu poder? Descubra as melhores abaixo:

CHIA
Esta semente é rica em fibra, antioxidantes, cálcio, proteínas e ácidos gordos Ómega-3 de origem vegetal. Pode tomá-la com água, sumo ou outros líquidos, mas o melhor é comê-la crua, como aperitivo.

SEMENTE DE ABÓBORA
São ricas em magnésio, zinco e ácidos gordos Ómega-3 de origem vegetal além de ter efeito anti-inflamatório.

CÂNHAMO
O cânhamo industrial para consumo não contém tetrahidro-cannabinol (principal substância existente na marijuana). Para além do cálcio, fósforo, ferro, tem vitamina A,C,D,E e B.

PAPOILA
Esta flor tão colorida e frágil esconde uma semente que recomendamos que ingira em alturas de stress, devido às suas propriedades relaxantes.

LINHAÇA
Se gosta da textura do linho e de o usar nas camisas de verão, aqui tem outra razão para adorar esta planta: as suas sementes são saciantes.

*Fonte:https://www.womenshealth.pt/as-5-sementes-saudaveis-mesmo-comer/